A Liga de futebol americano dos Estados Unidos (NFL) reagendou os jogos que se deveriam disputar fora do país, em Londres e no México, passando-os para estádios dos clubes que alinhavam como anfitriões.

A decisão prende-se com a pandemia de covid-19 e a grande dificuldade de assegurar deslocações e condições de segurança para Londres e para a Cidade do México.

Os Jacksonville Jaguars deviam ser os 'anfitriões' de dois jogos em Wembley, enquanto os Atlanta Falcons e os Miami Dolphins recebiam adversários no estádio do Tottenham. Quanto aos Arizona Cardinals, deviam de fazer um dos seus jogos no estádio Azteca da capital mexicana.

A NFL, através do comissário Roger Goodell, justifica a proibição de deslocalização de jogos esta época com "o bem-estar de jogadores, pessoal e adeptos". A decisão foi tomada após consultas aos clubes, autoridades nacionais e locais, associação de jogadores, autoridades médicas e estádios parceiros.

Desde 2007 que havia jogos do campeonato em Londres e desde 2013 que os Jaguars escolhem Wembley para um jogo. Quanto à cidade do México, seria a quarta vez, após tal ter ocorrido em 2016, 2017 e 2019.

Sadiq Khan, presidente da câmara de Londres, lamentou a decisão, mas compreendeu-a - "Os muitos fãs da NFL em Londres, no Reino Unido e na Europa ficam desapontados com a notícia, mas é a decisão certa +ara garantir a segurança de todos no desporto", disse.

Ao mesmo tempo, faz desde já votos para receber de novo a NFL em 2021.

O novo calendário da NFL deve ser divulgado ainda esta semana.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 247 mil mortos e infetou mais de 3,5 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de um milhão de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Os Estados Unidos são o país que registou mais casos, 1.200 mil, e também mais mortes, quase 70 mil.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.