O Europeu de ginástica rítmica foi remarcado para novembro, em Kiev, na Ucrânia, e o de artística para dezembro, em Baku, no Azerbaijão, após terem sido adiados devido à covid-19, anunciou hoje a União Europeia de Ginástica (UEG).

“Neste momento, consideramos que é possível organizar essas competições no outono. Se pensarmos mais tarde que a situação não é segura [devido à pandemia de covid-19], reagiremos de acordo”, disse o presidente da UEG, o azeri Farid Gayibov.

Depois de analisar a situação da pandemia de covid-19 nos países organizadores, a UEG considera possível disputar o Europeu de rítmica de 26 a 29 de novembro, em Kiev, e os de artística, masculino e feminino, de 09 a 13 e 17 a 20 de dezembro, respetivamente, em Baku.

As competições estavam agendadas para decorrer em finais de abril e maio, nos mesmos locais, mas foram suspensas devido à crise sanitária. Os Europeus mantêm o formato original, incluindo a atribuição de vagas olímpicas.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 382 mil mortos e infetou mais de 6,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,7 milhões de doentes foram considerados curados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.