Ricardinho revelou, esta segunda-feira, que planeia deixar a seleção nacional de futsal depois do Mundial de 2020. Em entrevista à Fox Sports Itália, o capitão da equipa das quinas revela que quer dar oportunidade a outros jogadores de se afirmarem e passar mais tempo com a família.

"Depois de terminar o Europeu, comecei a pensar se continuaria voltar a jogar pela seleção. São muitos jogos, é muita pressão, é muito tempo longe da minha família, dos meus filhos", começou por dizer.

"Jogarei o Mundial [em 2020] e, depois, será o momento de sair. Quero dar oportunidade a que venham outros Ricardinhos, que vistam a camisola de Portugal, e deixar claro que Portugal não é meu, eu é que sou de Portugal", acrescentou Ricardinho, que foi considerado o melhor jogador do Euro’2018.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.