O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, anunciou hoje que a edição do próximo ano da Volta a Portugal vai terminar na capital, depois de este ano ter tido a sua etapa final no Porto.

Na gala comemorativa dos 120 anos da União Velocipédica Portuguesa - Federação Portuguesa de Ciclismo, que decorreu em Lisboa, o autarca destacou o “papel extraordinário” da Volta a Portugal em “aproximar o país”, considerando-a um “evento social, cultural e desportivo”.

“É com gosto que Lisboa retoma este papel importante na Volta a Portugal. Podemos já dizer que em 2020 a chegada será Lisboa e permitam-me dizer que, com todo o respeito por todas as regiões e cidades do país, eu acho que a chegada ali através do arco da Rua Augusta é capaz de ser imbatível”, afirmou.

Depois de ter acolhido a última etapa em 2016, Lisboa será novamente palco da consagração do vencedor da edição de 2020, que se disputa entre 29 de julho a 09 de agosto, mantendo-se no mesmo período dos últimos anos.

Em 2019, a principal prova nacional correu-se de 31 a 11 de agosto, continuando a iniciar-se a uma quarta-feira e a terminar a um domingo.

O primeiro dia da Volta a Portugal coincide com a prova de contrarrelógio dos Jogos Olímpicos Tóquio2020.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.