O português Nuno Bico anunciou hoje a retirada do ciclismo profissional, aos 25 anos, decisão tomada com “profunda tristeza” e motivada por problemas em uma artéria ilíaca.

Numa publicação na rede social Instagram, o corredor luso lembrou que depois de uma cirurgia em 2017, para corrigir o problema, se tornou complicado “lidar com a dor” durante a Volta a Espanha deste ano, em que se estreou em ‘grandes Voltas’ e que acabou por ser a última corrida da carreira.

“Foi um imenso prazer viver o sonho de fazer o que amo enquanto trabalho. (...) Ao falar da dor com médicos mal cheguei a casa, aconselharam-me a deixar o desporto competitivo”, pode ler-se na publicação.

Nuno Bico agradeceu o apoio ao longo dos anos e lembrou a oportunidade de “pedalar por todo o mundo e conhecer pessoas incríveis”.

O português correu o ano de 2019 pela espanhola Burgos-BH, do ProContinental, segundo escalão do ciclismo mundial, após dois anos no WorldTour com a Movistar, numa carreira profissional que arrancou na Rádio Popular-Onda, em 2013, e passou também pela checa Klein Constantia.

Nuno Bico foi campeão nacional de fundo de sub-23 em 2015 e tem como principal resultado da carreira o sétimo lugar final da Volta ao Alentejo em 2016, ano em que participou nos Mundiais de sub-23.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.