Numa entrevista ao 'talk show' 'The Real', Mike Tyson recordou o momento em que conheceu o ator Brad Pitt, no final dos anos 80. Na altura o ator estava acompanhado pela ex-mulher do antigo pugilista, Robin Givens.

"Estava em coma emocional, tinham esmagado o meu coração. Até fiquei sem forças para lutar. O Brad [Pitt] deveria estar bêbado ou algo do género, pois implorou-me para não lhe bater e disse-me que estavam apenas a rever um guião [n.d.r: Robin Givens também é atriz]. Pareceu-me um tipo porreiro", afirmou.

Apesar do episódio conturbado, Mike Tyson garante não guardar ressentimentos de Brad Pitt.

"Não estou chateado com o Brad, de maneira alguma. É óbvio que eu não lhe guardo rancor, caso contrário já não estaria vivo", notou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.