O jogo entre os Houston Rockets e os Los Angeles Clippers, da madrugada de quarta para quinta-feira, ficou marcado por uma situação caricata, com o jogador Austin Rivers, dos Rockets, a pedir a expulsão do próprio pai, treinador da equipa de Los Angeles.

Doc Rivers, treinador dos Clippers, estava a queixar-se contra a arbitragem de uma forma mais entusiasta junto à linha quando o filho, Austin, pediu uma falta técnica.

Doc Rivers foi mesmo expulso e o filho ainda fez um sinal, em tom de provocação, a dizer que depois ligava.

"Adorei. Sabia que ia ser assim. Já conheço aquele olhar. Quando ele começa a piscar os olhos muito depressa, sei que é o momento. O Doc tem de saber manter a calma. Tenho dúvidas que possamos ir jantar juntos depois disto. Ele é muito suscetível nestas situações, mas vamos ver", disse Austin Rivers no final do jogo.

Depois, já nas redes sociais, Austin confessou que iria ter dia de Ação de Graças, feriado nos Estados Unidos, no dia 28 de novembro, "muito estranho".

Os Houston Rockets venceram os Los Angeles Clippers por 102-93, com uma grande exibição de James Harden.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.