A atleta Auriol Dongmo foi autorizada pela World Athletics a competir por Portugal a partir do dia 26 de julho de 2020, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Atletismo (FPA).

A lançadora do peso luso-camaronesa, que adquiriu a nacionalidade portuguesa em outubro de 2019 e que representa o Sporting, mostrou-se satisfeita com a decisão que esperava “há muito tempo”, de modo a poder representar Portugal.

Esta época, já com nacionalidade portuguesa, a lançadora bateu várias vezes o recorde de Portugal estabelecendo-o em 18,37 metros, em Pombal, quando se sagrou campeã de Portugal em pista coberta, igualando o seu melhor resultado de sempre, obtido em 2017.

“Toda a gente me apoiou desde o primeiro momento, sempre foram muito simpáticos e após várias conversas decidi que tinha de retribuir este amor que senti de toda a gente. Fico agora à espera de poder representar Portugal, que poderá ser já nos Europeus de Paris, caso estes se mantenham no calendário”, disse, em declarações divulgadas pela FPA.

Devido à pandemia da covid-19, Auriol Dongmo também tem estado a treinar em casa.

Auriol Dongmo é uma das três portuguesas (as outras são Eliana Bandeira e Francislaine Serra) que têm marca de qualificação para a prova de lançamento do peso para os Europeus Paris2020, competição prevista para o final de agosto e que ainda não foi adiada ou cancelada.

A lançadora, de 29 anos, sagrou-se duas vezes campeã africana, em 2014 e 2016, e conquistou ainda as medalhas de ouro nos Jogos Africanos de 2011 e 2015, sendo também a recordista nacional dos Camarões, com os mesmos 18,37 metros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.