A portuguesa Auriol Dongmo acaba de conquistar o título de campeã europeia no lançamento do peso. Nos europeus de pista coberta que decorrem em Torun, Polónia, a atleta conseguiu a melhor marca - 19,34 metros - na quinta tentativa, num concurso em que atirou sempre a mais de 19 metros, tirando o primeiro e o último, que foram nulos.

Dongmo chegou à Polónia como líder europeu do ano, com larga margem de avanço, ela que era uma das principais 'apostas' portuguesas para medalhas, a par de Pichardo.

Auriol Dongmo, nascida nos Camarões mas naturalizada portuguesa, confirmou o favoritismo mas teve de lutar e muito pelo ouro. A sueca Fanny Roos deu muita luta a portuguesa, ao conseguir  19,29m no melhor lançamento, que lhe permitiu bater o recorde nacional do país nórdico (o anterior era de 19,06). Na terceira posição terminou a alemã Christina Schwanitz, antiga campeã europeia e mundial do peso, com um lançamento a 19,04 metros.

Na quinta-feira, a luso-camaronesa teve uma qualificação fácil, superando a marca de acesso à segunda tentativa. A recordista portuguesa do peso conseguiu o seu apuramento ao segundo ensaio, com 18,55 metros, não necessitando de um terceiro lançamento para ser uma das sete que superaram a marca de 18,40.

Dongmo lidera a lista mundial, com 19,65 metros. Na final estavam, além da alemã Chritina Schwanitz, que se apurou ao primeiro ensaio, com 18,86 metros, outras restantes três do top-5, ou seja a sueca Fanny Roos (18,85), a bielorrussa Aliona Dubitskya (18,74) e a espanhola Maria Toimil (recorde nacional na qualificação, com 18,64).

Aos 30 anos, Auriol Dongmo estreia-se da melhor forma com as cores de Portugal numa grande prova de atletismo. A lançadora é uma das grandes esperanças portuguesas nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

A seleção lusa, segunda mais vasta de sempre, com os 16 elementos que viajaram para Torun, conta ainda, entre outros, com Francisco Belo (oitavo entre os inscritos no peso e quarto classificado há dois anos), Marta Pen (12.º nos 1.500 metros), Ricardo Santos (14.º nos 400 metros) e Carlos Nascimento (15.º nos 60 metros).

A 36ª edição dos Europeus tem inscritos 733 atletas (405 masculinos, 328 femininos) de 47 países, destacando-se a ausência da Rússia, que em condições normais seria um dos 'açambarcadores' de medalhas.

"‘Auriol’, o primeiro é o teu lugar, não é de mais ninguém"

"Olhei para ela [a sueca Fanny Roos, medalha de prata após bater o recorde nacional com um lançamento de 19,29 metros], e para a marca, e disse para mim: ‘Auriol’, o primeiro é o teu lugar, não é de mais ninguém, e lancei com isso na minha mente”, contou a atleta, citada pela Federação Portuguesa de Atletismo.

Após o triunfo, lembrou o filho e o treinador, Paulo Reis, que fez “muitos sacrifícios” para a colocar neste patamar, tendo-o visto, hoje, “muito tranquilo”, ao contrário do habitual, em que é “muito interventivo”.

Mesmo depois de ter garantido a vitória na prova, num 2021 em que tem liderado a modalidade e somado vitórias, admitiu ter entrado “um pouco nervosa”, uma vez que a atleta, que disputou os Jogos do Rio2016 pelos Camarões, se estreava em Europeus.

“Mas estou muito feliz por chegar e conquistar o ouro”, atirou a recordista nacional de Portugal e Camarões, que tem a melhor marca mundial de 2021 (19,65 metros).

“No aquecimento fiz um lançamento bem acima dos 19,80 metros, mas o que importa é que consegui a medalha e logo a de ouro”, comentou.

Já apurada para Tóquio2020, adiado para este verão, o objetivo é continuar até lá “em boa forma”, tendo como objetivo “alcançar os 20 metros ainda este ano”.

Dongmo venceu na final com um arremesso de 19,34 metros, num concurso em que atirou sempre a mais de 19 metros, tirando o primeiro e o último, que foram nulos.

A medalha de prata foi para a sueca Fanny Roos, com 19,29, e a de bronze para a alemã Christina Schwanitz, com 19,04.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.