O Vizela recebeu esta manhã os resultados dos testes PCR realizados ontem, terça-feira. Além de confirmar os 12 casos positivos de COVID-19 detetados entre os jogadores no dia 11 de janeiro, o clube recebeu ainda 11 resultados inconclusivos. Apesar disso, há jogadores suficientes para ir a jogo com o FC Porto mais logo, nos quartos de final da Taça de Portugal.

Ao todo, foram testados entre 60 a 70 elementos da estrutura, entre eles 43 jogadores, além do staff técnico e médico e da organização de jogo.

O Vizela é a favor do adiamento do jogo, mas, diz o jornal Record, entendimento da Federação Portuguesa de Futebol é que o jogo se realize na hora e data previstas, uma vez que os vizelenses têm atletas suficientes para cumprir o regulamento em situações de COVID-19 nos planteis.

Neste momento, o clube tem atletas suficientes para estar em campo e preencher na totalidade o banco de suplentes.

O clube tem mais de 30 atletas inscritos, entre jogadores do plantel principal e sub-23, e todos podem ser utilizados na Taça de Portugal.

A FPF determina que um jogo só poderá ser adiado se mais de 50 por cento dos jogadores seniores habilitados para competir estiverem impedidos de o fazer.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.