O Benfica empatou esta noite com o Vitória de Setúbal, por 2-2, no Estádio do Bonfim, em jogo a contar para a terceira jornada do grupo B da Taça da Liga. Raúl de Tomás e Jota marcaram os golos do Benfica, que não chegaram para os encarnados passarem à 'final-four' devido à vitória do Vitória de Guimarães frente ao Sporting da Covilhã.

Depois de uma entrada equilibrada em jogo, o Vitória de Setúbal foi a primeira equipa a criar real perigo. Aos 10 minutos de jogo, depois de uma excelente jogada individual, Hildeberto Pereira foi até à área rematar, mas a bola saiu à malha lateral.

Aos 19 minutos de jogo foi a vez do Benfica tentar a sua sorte. Na sequência de um livre favorável à equipa de Bruno Lage, Gedson bateu, mas a bola saiu a rasar o poste direito.

Menos de dez minuto depois o Benfica voltou a rematar à baliza dos sadinos, desta vez por intermédio de Haris Seferovic. O avançado suíço rematou rasteiro e, apesar de a bola ter ido fora, não passou longe da baliza de Makaridze.

Aos 36 minutos foi a equipa da casa que fez tremer o Estádio do Bonfim. Depois de um cruzamento-remate tenso de Mansilla, Zlobin ainda se fez à bola, mas esta acabou mesmo por sair ao lado do alvo. Ficou, mais uma vez, o aviso dos sadinos.

Aos 40 minutos, Hildeberto deixou o relvado do Bonfim para ser substituído por Zequinha, depois de se ter queixado do que parecia ser um problema muscular. O jogador sadino saía em velocidade, quando se agarrou à perna esquerda e caiu sozinho no relvado.

Sem mais oportunidades até ao final da primeira parte, Vitória de Setúbal e Benfica recolheram empatados ao intervalo.

De regresso ao relvado do Estádio do Bonfim, o Benfica não demorou até inaugurar o marcador. Aos 4 minutos da segunda parte. Carlinhos tentou meter atrasado, mas acabou por entregar a bola a Raúl de Tomás que, perante Makaridze, atirou para o fundo da baliza. Estava feito o primeiro golo em Setúbal, mas nem mesmo a vitória daria para já o apuramento ao Benfica.

Aos 70 minutos de jogo os encarnados estiveram muito perto de apontar o segundo golo. Seferovic levou a melhor sobre Pirri e rematou à baliza de Makaridze, mas acertou no poste. No mesmo minuto Raúl de Tomás ainda tentou novamente a sua sorte, mas sem sucesso.

Mas, como não há duas sem três, o Benfica regressou ao último terço do campo adversário e desta vez não vacilou. Chiquinho recuperou a bola e serviu Jota, este pressionado por Sílvio atirou forte e colocado para um espetacular golo.

Aos 83 minutos de jogo, o Vitória de Setúbal aproveitou uma má abordagem de Zlobin para fazer o primeiro golo e levar os adeptos sadinos à loucura. Depois de um cruzamento de Mansilla, o guarda-redes dos encarnados calculou mal a saída e permitiu a Guedes desviar de cabeça ao segundo poste e reduzir para a equipa sadina.

Quando a vitória do Benfica parecia encaminhada, o Vitória de Setúbal despejou um balde de água fria sobre os homens de Bruno Lage. Na sequência de um cruzamento de Zéquinha, Morato falhou o corte e Guedes fez um golo de belo efeito. Com um remate acrobático, a bola entrou junto ao ângulo e o avançado do Vitória FC bisou na partida.

Com este resultado, o Benfica não passa à 'final-four' da Taça da Liga. O Vitória de Guimarães é a equipa apurada no grupo B, depois da vitória sobre o Sporting da Covilhã. Os vimaranenses terminam a fase de grupos com sete pontos, enquanto o Benfica somou apenas três.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.