A estrear-se no comando técnico do GD Chaves, César Peixoto, na conferência de imprensa, mostrou-se descontente com o resultado mas satisfeito com a exibição dos seus jogadores na derrota da sua equipa, em casa, frente ao FC Porto.

Estreia no comando técnico do Chaves

"O resultado não é o que esperávamos. Vamos tentar sempre procurar a vitória. A equipa não entrou bem no jogo, temos de assumir, mas acabou por dar a resposta, nunca virou a cara à luta. Em três dias seria muito difícil fazermos muito melhor, mas temos de ver com quem é que estávamos a jogar. O FC Porto é uma grande equipa, com grandes jogadores. Penso que fizemos uma boa segunda parte, olhos nos olhos com o FC Porto, os meus jogadores estão de parabéns. Tentaram fazer o que pedimos, hoje mais do que nunca acredito que estamos no caminho certo. Descontente com o resultado, mas feliz com o que mostramos"

O que leva de positivo

"O FC Porto ainda não tinha sofrido golos [na Taça da Liga], nenhuma equipa tinha feito dois golos ao FC Porto. O Diogo Costa tambem quase bateu um recorde, acabamos com o recorde dele, por isso o que levo de positivo é a organização da equipa, a estar dentro da nossa ideia de organização defensiva, fazer dois golos que não é fácil a esta equipa. Na primeira parte a desconfiarem um pouco deles, mas com o trabalho isso vai aumentar. Os parabéns aos nossos jogadores e agradecer o apoio aos nossos adeptos. O nosso campeonato é no próximo fim de semana, estamos descontentes com o resultado, mas satisfeitos com a exibição"

Segunda parte 

"Acho que a equipa cresceu na 2.º parte. A equipa conseguiu ser mais ofensiva, fazer dois golos e aumentou a confiança de toda a equipa. Tivemos mais bola, coisa que nos faltou na 1.ª parte. Marcámos, mas o FC Porto faz o golo de seguida e mata o jogo, mas tivemos uma boa replica"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.