Declarações de Bruno Lage, treinador do Benfica, à Sport TV, após o empate (1-1) com o Sporting da Covilhã, no Estádio Municipal José dos Santos Pinto, da segunda jornada do Grupo B da Taça da Liga.

"Não marcámos os golos que devíamos ter marcado. Na primeira parte não criámos oportunidades suficientes para fazer golo, mas na segunda fizemos o suficiente para vencer. O Covilhã marca através de uma carambola, um jogador bate na bola e isola o jogador do Covilhã... Eles ficam em vantagem e foram gerindo da maneira que puderam. Nós podíamos ter dado a volta ao jogo e merecíamos ter ganho. Mas eles bateram-se bem e também há alguma justiça no ponto que conquistaram."

[Mudanças no onze] "Temos um plantel vasto, com 26 jogadores. Jogámos de três em três dias, em várias competições, e todos vão tendo oportunidades. Queremos toda a gente pronta para jogar. Nos últimos três jogos vários jogadores tiverem essa oportunidade e a mim cabe-me a decisão de escolher um onze. Todos têm trabalhado com a mesma intensidade e ambição."

[Estreia de Zivkovic] "Tinha de optar por um onze. Quis procurar o jogo interior e o pé esquerdo do Zivkovic para criar situações de finalização. Pela largura do campo, tínhamos de manter a linha de trás e depois procurar com Jota e Zivkovic as situações de finalização. As oportunidades são assim, independentemente do tempo que joguem, a titular ou não, todos têm de mostrar valor ao treinador e aos adeptos. É neste tipo de jogos que se mostra e é fundamental toda a gente ver o que vão produzindo em campo."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.