O francês Theo Hernández resgatou hoje um empate ‘fora de horas’ para o líder AC Milan na receção ao Parma (2-2), ao assinar um ‘bis' no jogo da 11.ª jornada da Liga italiana de futebol.

Os visitantes, que contaram com o internacional português Bruno Alves no centro da defesa, inauguraram o marcador aos 13 minutos, por intermédio do brasileiro Hernani, que, no segundo tempo, assistiu o esloveno Jasmin Kurtic para o segundo, aos 56.

Em desvantagem, o técnico Stefano Pioli lançou o avançado luso Rafael Leão ao intervalo, mas seria o lateral gaulês a ‘salvar’ os ‘rossoneri’, com dois golos. O primeiro aos 58 minutos, na sequência de um canto, e o segundo aos 90+1 minutos, num pontapé de ‘ressaca’ dentro da área.

Apesar do empate, o AC Milan manteve a liderança da Serie A, com 27 pontos, e também a invencibilidade na prova, mas viu Inter de Milão (24), Nápoles (23) e Juventus (23) aproximarem-se, depois de vencerem os respetivos jogos.

Os ‘bianconeri’ venceram por 3-1 na visita a Génova, com Cristiano Ronaldo a converter duas grandes penalidades, no 100.º encontro pela 'Juve', que se adiantou pelo argentino Paulo Dybala, aos 57 minutos, mas viu Sturaro repor a igualdade e marcar à antiga equipa, aos 61.

Depois do empate, a Juventus continuou com dificuldades para bater o guarda-redes Mattia Perín e só da marca dos 11 metros conseguiu resolver o jogo, com Cristiano Ronaldo eficaz aos 78 e 89 minutos.

No primeiro, a grande penalidade foi assinalada a castigar falta sobre Cuadrado e no segundo do guarda-redes Perin sobre Morata, com Ronaldo a descansar a sua equipa e a igualar Ibrahimovic na liderança dos melhores marcadores, ambos com 10 golos.

A Juventus ocupa o quarto lugar, em igualdade de pontos com o Nápoles, terceiro, enquanto na segunda posição segue o Inter de Milão. Os napolitanos venceram hoje a Sampdoria (2-1) e os interistas triunfaram em casa do Cagliari (3-1).

Mais cedo, a Roma, de Paulo Fonseca, goleou fora o Bolonha, fixando o resultado de 5-1 ainda na primeira parte.

A Roma não marcava cinco golos na primeira parte de um jogo da Serie A desde 1931. Só o tinha feito duas vezes na sua história: contra o Livorno, em maio de 1931, e contra o Pádua, em julho de 1930.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.