As direções de vários clubes europeus, incluindo o de Itália, está a ponderar avançar com cortes de salários. Porém, segundo Alberto Paleari, guarda-redes do Cittadella, do segundo escalão do futebol transalpino, diz que nem todos os jogadores ganham milhões de euros como o internacional português Cristiano Ronaldo.

"Não somos como o Cristiano Ronaldo, que se lhe tirarem dois meses de salário não terá problemas. Se nos fizerem isso, o senhorio vem pedir a renda. Acredito que precisamos de dois pesos e duas medidas", começou por dizer o jogador de 27 anos à televisão 'Telechiara' e que no último mercado de transferências até foi apontado à Juventus.

"Se fosse uma questão de adiar os salários por um mês e receber o dobro mais tarde, eu diria que sim. Mas se é para reduzir o meu salário, com toda a honestidade, eu direi que não", acrescentou Paleari, que está há quatro épocas no Cittadella.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.