O líder AC Milan foi hoje ao reduto ao Bolonha vencer por 2-1, num desafio da 20.ª jornada da primeira liga italiana de futebol, e distanciou-se, à condição, ainda mais do rival Inter no topo da tabela.

Depois do desaire esclarecedor na última ronda, na receção à Atalanta (3-0), a equipa de Stefano Pioli deu uma boa resposta, mas só conseguiu chegar aos golos através de duas grandes penalidades, num encontro em que o avançado português Rafael Leão constou entre os titulares, ao contrário do compatriota Diogo Dalot, suplente não utilizado.

À passagem do minuto 26, da marca dos 11 metros, Zlatan Ibrahimovic permitiu a defesa ao guarda-redes Skorupski, que já não conseguiu evitar a recarga certeira do croata Ante Rebic.

Aos 55 minutos, o marfinense Franck Kessie foi mais competente do que o avançado sueco, num golo essencial para garantir a vitória, já que Andrea Poli (81) viria a encurtar distâncias para o 13.º classificado da prova (20 pontos).

O AC Milan segue ‘sozinho’ no topo da classificação, com 46 pontos, mais cinco do que o segundo colocado Inter, que ainda hoje, a partir das 19:45, recebe o Benevento, 11.º, com 22.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.