Portugal não vence em casa a França há mais de 70 anos, sendo que o embate deste sábado do Grupo 3 da Liga das Nações A de futebol será o primeiro oficial em que os lusos são anfitriões.

O duelo com contornos quase decisivos para o desfecho do agrupamento será o 27.º entre as duas seleções, dos quais apenas cinco de caráter oficial e todos disputados em território neutro ou gaulês, como sucedeu no mês passado, com o empate 0-0, em Paris, para a Liga das Nações, no que foi o primeiro ‘nulo' em 26 embates.

Nestes cinco encontros oficiais, Portugal soma apenas um triunfo, mas é o mais 'saboroso' de sempre do futebol português, em 2016, com a conquista do Europeu, no Stade de France, nos arredores de Paris, por 1-0, após prolongamento, com o 'eterno' golo de Éder, aos 109 minutos.

As lágrimas de Ronaldo, o golo de Éder e a festa de uma nação: teremos sempre Paris
As lágrimas de Ronaldo, o golo de Éder e a festa de uma nação: teremos sempre Paris
Ver artigo

Antes da final do Euro2016, os 'bleus' tinham vencido sempre e eliminado a seleção nacional nas grandes competições, nas meias-finais, o que aconteceu nos europeus de 1984, em França, e 2000, na Bélgica e na Holanda, ambos conquistados pelos gauleses, e no Mundial de 2006, na Alemanha.

Em território nacional contam-se oito jogos, todos eles particulares, e, embora o registo quase centenário tenha começado de forma positiva para a seleção portuguesa, desde 1947 que a França inverteu a tendência e venceu os cinco confrontos realizados em Portugal.

70 anos de dificuldades caseiras

O primeiro duelo luso-gaulês em solo nacional aconteceu em 1927, com Pepe e José Manuel Martins a ‘bisarem' na vitória por 4-0, cabendo ao antigo avançado do Belenenses marcar novamente dois golos no triunfo por 2-0, em 1930, no Porto.

Passados 16 anos, em 1946, Portugal voltou a receber a França, em Lisboa, e somou o terceiro triunfo seguido em território luso, dessa feita por 2-1: António Araújo e Fernando Peyroteo marcaram para a equipa das ‘quinas’, enquanto Ernest Vaast anotou o tento dos forasteiros.

No ano seguinte, em 1947, os franceses impuseram-se pela primeira nas visitas a Portugal, vencendo por 4-2, e, uma década depois, em 1957, ganharam por 1-0, ambas em Lisboa.

A França voltaria a triunfar em solo luso, mais concretamente em Guimarães, em 1983, por 3-0, com um golo de Jean-Marc Ferrari e dois de Yannick Stopyra.

A reviravolta no histórico deu-se 14 anos depois e a 25 quilómetros de distância da Cidade-Berço, na ‘vizinha' Braga, em 1997, com os comandados por Artur Jorge a serem derrotados (2-0) por golos do médio Didier Deschamps, o atual selecionador gaulês, e do ‘excêntrico' extremo Ibrahim Ba.

O último confronto em Portugal ocorreu meses antes do Euro2016 e, mais uma vez, o desfecho foi igual aos quatro anteriores, tendo Mathieu Valbuena decido a partida disputada no Estádio de Alvalade (1-0), em 04 de setembro de 2015.

Num total de 26 jogos entre as duas equipas (seis oficiais e 21 particulares), Portugal venceu por seis vezes, empatou duas e perdeu 18.

O encontro entre Portugal e França, da quinta jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, está agendado para sábado, a partir das 19:45, no Estádio da Luz, em Lisboa, à porta fechada, devido à pandemia da covid-19, com arbitragem do alemão Tobias Stieler.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.