O Chaves emitiu esta quarta-feira um comunicado a esclarecer o anúncio que fez sobre um novo hino do clube, da autoria de José Malhoa, feito para a comemoração do 70.º aniversário.

Os flavienses garantem que o tema será mais uma música "de apoio" ao clube, garantindo que "jamais se equacionou retirar do dia de jogos o hino oficial", interpretado por Maria José.

"O novo hino é, à semelhança do que foram os hinos interpretados pelos artistas Graciano Saga e Ágata, um hino de apoio ao Desportivo no ano em que se comemora o 70.° aniversário do Clube (...) Este tema em nada colide com o nosso hino oficial. Gostar ou não gostar é uma questão que respeitamos. Lamentamos, no entanto, que alguns 'fazedores de opinião', que porventura nem vêm ao estádio, deturpem as verdadeiras intenções do Clube e da SAD", pode ler-se num comunicado nas redes sociais da formação de Trás-os-Montes.

O Chaves anunciou que vai estrear o hino interpretado por José Malhoa no próximo O Chaves vai estrear o hino interpretado por José Malhoa no dia 22 de dezembro, quando receber o FC Porto para a Taça da Liga.dia 22 de dezembro, quando receber o FC Porto para a Taça da Liga.

Leia o comunicado na íntegra:

"O Grupo Desportivo de Chaves e respetiva SAD, tomando conhecimento da leitura errada que a notícia da apresentação de um novo hino de apoio ao Desportivo suscitou, esclarecem o seguinte:

- O novo hino é, à semelhança do que foram os hinos interpretados pelos artistas Graciano Saga e Ágata, um hino de apoio ao Desportivo no ano em que se comemora o 70.° aniversário do Clube;

- Jamais se equacionou retirar do dia de jogos o hino oficial do Clube interpretado pela Maria José;

-O que se pretende é que os sócios e adeptos celebrem connosco o início de mais uma década com um novo tema, que resultou da generosidade e criatividade do José Malhoa colocadas ao serviço do nosso Clube, que ele também apoia, enquanto sócio e amigo, e pelo qual tem demonstrado uma grande simpatia através duma presença muito regular nas bancadas em casa e fora. Este tema em nada colide com o nosso hino oficial. Gostar ou não gostar é uma questão que respeitamos. Lamentamos, no entanto, que alguns "fazedores de opinião", que porventura nem vêm ao estádio, deturpem as verdadeiras intenções do Clube e da SAD.
As pessoas que dirigem os destinos da nossa instituição têm memória e têm-no demonstrado ao longo dos 8 anos. E continuarão a demonstrá-lo, honrando a história e o nome do nosso Clube.
Apelam, por isso, a todos os sócios e adeptos que venham partilhar mais um momento simbólico da vida do Clube juntando no estádio as suas vozes de apoio à do artista, autor e intérprete do novo hino, e sócio do GDC, José Malhoa.

Chaves, 11 de dezembro de 2019

A Direção do Clube e a Administração da SAD"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.