O treinador do Desportivo de Chaves, Carlos Pinto, juntamente com dois adjuntos, regressaram hoje aos treinos após cumprirem confinamento, anunciou o emblema da II Liga de futebol, que regista mais um elemento curado após infeção por COVID-19.

“Depois de cerca de duas semanas em quarentena, o treinador Carlos Pinto e os adjuntos, André Moreira e Jorge Teixeira, regressaram esta manhã ao trabalho”, destacou o emblema flaviense numa nota publicada na sua página oficial na Internet.

O clube anunciou ainda que o treinador de guarda-redes Tiago Castro está curado da infeção pelo novo coronavírus e “também voltou ao ativo”.

O treinador-adjunto Pedro Machado é o único elemento da equipa técnica que ainda não foi autorizado a voltar ao trabalho, o que deverá acontecer nos próximos dias, conclui a nota.

O guarda-redes Samu e o lateral João Reis também continuam sem treinar por estarem infetados com o novo coronavírus.

Na segunda-feira, o emblema de Trás-os-Montes tinha anunciado que o médio Raphael Guzzo estava curado da infeção por COVID-19 e tinha regressado aos treinos.

O Desportivo de Chaves defronta na quarta-feira o Benfica B, fora, às 16:00, encontro da terceira jornada do segundo escalão.

Na sexta-feira, os transmontanos não tiveram qualquer elemento da equipa técnica no banco de suplentes a orientar a equipa no empate em casa frente ao Varzim, por estarem em confinamento, tendo sido o diretor desportivo Nelson Lenho a assumir essas funções.

Em 11 de setembro, o jogo Feirense - Chaves, referente à primeira jornada, tinha sido adiado devido aos casos de COVID-19 nos flavienses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.