O Celta de Vigo avançou com uma ação no tribunal, exigindo uma indemnização de 10 milhões de euros por uma suposta quebra de contrato de Fede Varela, jogador do FC Porto B, há três anos.

Segundo avança o jornal A Bola, o jogador é acusado de "incumprimento de contrato de trabalho celebrado" com o clube de Vigo e "alegada rescisão unilateral sem justa causa".

A ação já terá dado entrada no tribunal de Trabalho de Vigo e a primeira sessão do caso está prevista para janeiro de 2018, algo que veio informado pelo FC Porto no Relatório e Contas do exercício da temporada passada.

Os 'dragões' e o clube suíço Stade Nyonnais, para onde o jogador se transferiu quando deixou o clube espanhol, são réus neste processo e, caso se prove a razão do Celta, os 'azuis e brancos' e o clube helvético terão de pagar essa indemnização.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.