O treinador João Henriques garantiu esta quinta-feira que o Santa Clara estará "atento" à "ideia de jogo diferente" do Marítimo, incutida pelo novo técnico, José Gomes, no confronto que colocará frente a frente as duas equipas na 13.ª jornada da Liga portuugesa.

Em conferência de imprensa em Ponta Delgada, João Henriques disse que Santa Clara e Marítimo, separados por dois pontos no campeonato, são "duas equipas à procura dos mesmos objetivos", procurando ambas "estabilidade", após períodos com poucos pontos conquistados.

O Marítimo "é um adversário que em sua casa, normalmente, é uma equipa forte", mas os jogadores do Santa Clara "estão confiantes, sabem o que podem fazer e o que valem", e procurarão "tentar errar menos do que o adversário" e ganhar os três pontos, considerou o treinador dos açorianos.

João Henriques desvalorizou o período negativo da equipa, que não ganha para o campeonato desde a jornada sete, dizendo ser "pouco importante olhar para os ciclos": "O que nos interessa é a pontuação que vamos acumulando" e o concretizar do objetivo maior da época, a manutenção, o que, a acontecer, será "histórico" para o Santa Clara, pois garantirá a permanência em duas épocas seguidas.

"Todos os jogos para nós têm o imperativo de se tentar ganhar os três pontos. Sabemos que o Marítimo tem 11 pontos, nós temos 13. São duas equipas que estão à procura dos mesmos objetivos", acrescentou.

O Santa Clara, 13.º classificado na tabela classificativa da Liga portuguesa, desloca-se à Madeira para defrontar, no sábado, a a partir das 15h00, o Marítimo, 16.º posicionado, primeiro acima da zona de despromoção.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.