O Sporting está recetivo a saída de Rodrigo Battaglia, desde que o clube receba uma proposta satisfatória. Os 'leões' querem recuperar o investimento feito no atleta, que pouco rendeu esta época, devido a uma lesão grave que contraiu em 2018 no joelho direito.

Escreve o jornal 'O Jogo' na sua edição desta terça-feira que a SAD liderada por Frederico Varandas vê com bons olhos a saída do médio argentino, desde que o negócio se faça por verbas a rondar os oito milhões de euros.

Esta verba é quase o dobro que o Sporting pagou ao SC Braga em 2017 pelo passe de Battaglia (4,5 ME), num negócio que incluiu a cedência, por empréstimo, do lateral esquerdo Jefferson e a mudança definitiva de Ricardo Esgaio para a Pedreira. O mesmo Esgaio que o Sporting agora deseja mas que António Salvador só admite vender por 20 milhões de euros.

Qualquer decisão sobre o futuro de Rodrigo Battaglia, um dos capitães do Sporting (Coates e Mathieu são os outros capitães de equipa) só deverá ser tomada depois do reinício das competições.

A grave lesão sofrida em novembro de 2018 retirou ao argentino a possibilidade de mostrar valor. O médio de 28 anos esteve ausente dos relvados por mais de nove meses, quase 300 dias, tendo perdido 42 jogos.

Além da vertente desportiva, a financeira também pesa nesta decisão. O salário de 1,4 milhões de euros por ano é considerado alto em Alvalade, tendo em conta o rendimento do atleta. Uma saída agora, aos 28 anos, poderá levar o Sporting a recuperar o investimento feito no argentino em 2017.

Rodrigo Battaglia disputou apenas 14 jogos esta época pelo Sporting, entre Liga, Liga Europa e Taça da Liga, num total de 1009 minutos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.