Passado um mês depois de ter sido detido, Ronaldinho Gaúcho e o irmão Roberto Assis passaram de prisão domiciliária.

Depois do pagamento de 920 mil euros de fiança, pagos pelo antigo internacional brasileiro, os dois vão ficar detidos num hotel de luxo em Assunção, capital do Paraguai, em quartos separados.

Contudo, para já o processo continua em investigação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.