O técnico Roger Schmidt e Petar Musa foram os intervenientes que, do lado do Benfica, comentaram a vitória dos encarnados por 4-2 ao Rio Ave.

Para Schmidt, em declarações à BTV, a importância dos que não são habitualmente titulares viu-se neste jogo.

O jogo: "Estamos muito felizes, porque nunca é fácil jogar estes jogos depois de um como o que tivemos na quarta-feira, frente ao PSG. Fizemos algumas alterações, criámos muitas oportunidades,. Podíamos ter facilitado se tivéssemos concretizado algumas oportunidades mais cedo."

Alterações no onze: "É um caminho longo. Para mim, é óbvio que todos merecem jogar no Benfica. Às vezes, é preciso esperar um bocado, sobretudo, no início da época, mas todos tiveram uma abordagem positiva nos treinos."

Adeptos não se mostraram desconfortáveis com o golo sofrido: "São coisas que podem acontecer. Sabíamos que eles eram perigosos. Aproveitaram a oportunidade, mas demonstrámos que estamos com muita confiança e que os adeptos confiam muito em nós. Continuámos a jogar para a frente e conseguimos marcar mais golos."

Já na visão de Petar Musa, que assinou o quarto golo e estreou-se a marcar, este é apenas um fruto do trabalho que tem sido desenvolvido.

Golo marcado e a confiança que traz: "Sim. Trabalho muito e estou muito feliz pelo golo, ainda para mais por ter ganho em frente aos nossos adeptos."

Análise: "É uma boa noite. Estou contente. Jogámos muito bem, temos de continuar assim."

Ambiente das bancadas: "Quando jogamos em casa, é incrível. Obrigado a todos os adeptos. Estou muito feliz pela vitória."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.