Bruno de Carvalho reagiu esta quinta-feira às críticas de Pinto da Costa a Frederico Varandas, concordando com o presidente do FC Porto quando este afirmou que o homólogo dos 'leões' foi "beneficiado" com o ataque ao centro de estágio em Alcochete.

"Pinto da Costa disse algo factual. Se houve alguém que beneficiou com aquilo que aconteceu em Alcochete, foi Varandas. Ponto. Alguém que passa de médico a presidente beneficiou. Não estou a dizer nada de especial", defendeu Bruno de Carvalho no programa de Youtube Bola na Rede.

"A coisa que eu achei mais interessante da troca de palavras foi a notícia de que Pinto da Costa colocou uma queixa-crime contra Frederico Varandas. Acho muito bem", acrescentou o ex-presidente do Sporting.

Sobre as declarações de Varandas, que afirmou que "um bandido será sempre um bandido", referindo-se a Pinto da Costa e ao processo Apito Dourado, Bruno de Carvalho nota que "há limites".

"Mesmo perante tudo que fiz, e houve coisas que não diria, é por isso que o tempo nos vai melhorando, nunca cheguei a esse extremo mesmo em situações muito extremas que vivi no Sporting", notou.

Bruno de Carvalho aconselhou ainda Frederico Varandas a receitar a ele mesmo "medicamentos" porque "está com um discurso muito desesperado para alguém que caiu nas graças da comunicação social".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.