O Rio Ave venceu hoje o Marítimo por 2-0, em encontro da 19.ª jornada da I Liga de futebol, disputado no Funchal, e interrompeu uma série de 10 jogos sem vencer na prova.

A equipa de Vila do Conde adiantou-se por Diego Lopes, aos 52 minutos, e sentenciou a partida por João Schmidt, aos 90+1, na conversão de uma grande penalidade, interrompendo uma série de 10 jogos consecutivos sem vencer, enquanto o Marítimo viu chegar ao fim um ciclo de três jogos sempre a ganhar.

A vitória permite à equipa de Daniel Ramos subir um posto, é nona com 24 pontos, enquanto os comandados de Petit estão no 11.º lugar, com 20.

No final do jogo, o treinador do Marítimo, Petit, não escondeu a sua insatisfação pelo resultado frente ao Rio Ave e considerou que o resultado foi injusto.

"Entrámos melhor que o Rio Ave, mas com falta de intensidade, tanto na circulação de bola, como nos duelos. A primeira parte não foi como nós queríamos e tentámos corrigir ao intervalo", começou por dizer Petit.

"Na segunda parte, entrámos bem nos primeiros cinco minutos, mas uma perda de bola deu uma transição ao Rio Ave, que fez o golo", acrescentou Petit na sua análise ao jogo.

"Como tinha dito na antevisão, o Rio Ave tem jogadores com qualidade e experientes e geriu bem o jogo. Mudámos as posições de alguns jogadores para criar mais oportunidades e, a acabar o jogo, sofremos o segundo golo. Acho que o resultado foi injusto para o que fizemos, mas é agora que temos de ver os verdadeiros homens, analisar, corrigir e preparar o próximo jogo, porque temos de ter já uma reação forte."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.