A revista Sábado avança, esta terça-feira, que o Ministério Público e a Autoridade Tributária levaram a cabo novas buscas no Estádio da Luz, no início do passado mês de agosto, no âmbito da operação Cartão Vermelho.

Estão a ser investigados os acordos celebrados por Luís Filipe Vieira, com a intervenção do empresário Bruno Macedo, também ele arguido.

De acordo com a publicação foram recolhidos 16 contratos de jogadores que passaram pelo Benfica. Ao todo, serão 19 que estão sob suspeita.

Luís Filipe Vieira é arguido da operação 'Cartão Vermelho', que investiga suspeitas de vários esquemas de fraude que causaram prejuízos à SAD do Benfica, ao Novo Banco e ao Estado português, através de impostos não cobrados e injeções de capitais públicos no Novo Banco e de financiamento ao Fundo de Resolução.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.