O jornal desportivo 'A Bola' publicou este sábado uma entrevista a Jonas, em que o avançado brasileiro fala da continuidade no clube da Luz, bem como da lesão que o afastou dos relvados durante vários meses.

Questionado sobre a proposta da Arábia Saudita, Jonas garantiu: "Já nem penso nisso. Tenho outros planos. Não é fácil cumprir coisas no futebol, há coisas no intervalo que mudam, não por questões nossas, mas por decisões de outras pessoas. Permanecer aqui foi a melhor solução. Sinto cada vez mais no coração o que quero cumprir, que é terminar aqui".

Decidido a terminar a carreira no Benfica, o craque brasileiro explicou as razões por trás dessa decisão. "Não me jogo a jogar depois desse período - depois dos 36 anos, que coincidem com a altura em termina o contrato com o Benfica -, é uma idade fantástica para acabar ao melhor nível. Passa pela minha cabeça cumprir o meu contrato e terminar por aqui".

Jonas falou ainda da lesão que o afastou no inicio da época, admitindo que foi algo que o abalou. "Nestes meses em que não joguei, limitado pela minha coluna, fiquei um pouco triste. Depois, com o trabalho, no dia-a-dia, os meus colegas fazem-me sentir em casa. Deram-me muita força para retomar aquele espírito, aquela alegria que costumo ter. Isso foi fundamental para retomar, aos poucos, aquela forma de jogo que quero", referiu.

Mas mesmo assim, o jogador brasileiro garantiu que ainda tem muitos objetivos para esta temporada. "O meu objetivo agora é pensar jogo a jogo. Esta pré-época foi muito diferente das anteriores, por causa da lesão e também pela possibilidade de sair. Só penso em fazer o meu melhor, marcar golos em cada jogo. Mais à frente, se estiver nessa lista [de melhores marcadores], vou brigar, claro. Mas não é a prioridade", disse ainda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.