Cláudio Ramos poderá tornar-se no primeiro reforço do FC Porto para 2020/21. Escreve o jornal ABola na sua edição deste sábado que o FC Porto apresentou, através dos representantes do jogador, um contrato de quatro temporadas.

O guarda-redes ainda vai defender as cores do Tondela nos dois jogos que faltam para terminar a época (a equipa está na luta pela permanência) mas a mesma fonte adianta que já há acordo entre as partes, faltando apenas a oficialização da mesma. O contrato com o emblema vizense termina no final desta época.

O Sporting também mostrou interesse no internacional português, tal como alguns emblemas da Turquia e da Grécia, mas o futuro do guarda-redes de 28 anos deverá passar mesmo pelo FC Porto.

O jornal Abola avança que Vítor Baía teve um papel importante nesta quase contratação. O antigo guardião do FC Porto terá falado várias vezes com o dono da baliza do Tondela para o convencer a aceitar a proposta portista, desportivamente a mais atrativa.

No FC Porto, Cláudio Ramos encontrará Agustin Marchesín, dono da baliza portista. A sua chegada deverá implicar a saída de Diogo Costa, por empréstimo, para rodar e ganhar experiência.

Cláudio Ramos esteve oito épocas no Tondela, entre 2011 e 2020, onde fez 267 jogos. Jogou ainda no Amarante, Vitória de Guimarães, Repesenses, Repesenses e Académico de Viseu, clubes onde fez a sua formação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.