Depois de regressar no passado domingo de visita a Angola, Luís Filipe Vieira tem agora uma curta viagem, mas que nem por isso se torna mais fácil: à mesa de negociações.

Isto porque, de acordo com o jornal ‘Record’, o presidente do Benfica quer acelerar o processo de renovações de alguns jogadores do plantel, nomeadamente Jota, Ferro, Ruben Dias e Grimaldo.

Se nos dois primeiros casos a tarefa, segundo o ‘matutino’, está bem encaminhada – com o contrato de Jota pronto a assinar e no caso de Ferro a apenas faltarem alguns detalhes em relação ao salário (a clausula de rescisão mantém-se nos 100 milhões de euros) – os dois últimos revelam-se mais complicados.

No caso de Rúben Dias, o central que as ‘águias’ querem tornar numa referência no clube (à imagem de Luisão), Vieira tem reunião marcada com Jorge Mendes, empresário do jogador, após o jogo frente ao Lyon na próxima semana, para fazer progressos no processo.

Já Grimaldo, que durante o verão foi relutante em renovar com o Benfica, mostra-se disponível para conversações sendo que o espanhol pretende ver o seu salário melhorado substancialmente.

Mas não é só nas renovações de jogadores que Vieira vai despender tempo.

Também o contrato de Bruno Lage deverá ser renovado para ‘blindar’ o técnico ‘encarnado’.

O Benfica pretende aumentar a clausula de rescisão do técnico para o dobro – de 10 milhões para 20 milhões de euros – bem como dos adjuntos do setubalense nas ‘águias’ para 10 milhões de euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.