Análise à partida: "Grande grande jogo. Jogo que nos faz encher a alma, depois de estarmos a perder duas vezes, começarmos logo a perder, e fazer uma grande primeira parte, onde acabámos por ser superiores, fomos a perder para o intervalo com sentimento de injustiça. Segunda parte onde fomos mais eficazes, onde o Benfica foi melhor, mas a nossa eficácia e também a alma premiaram aquilo que fizemos".

Antijogo: "Nada melhor que os jogos que fizemos para provar o contrário, não quero bater na mesma tecla, mas acho que fomos injustamente acusados de algo que não fizemos. Temos mostrado que podemos jogar a vários ritmos. São estratégias e todos as têm. Hoje colocámos um ritmo forte, pode haver jogos em que a equipa não esteja como queremos e temos de arrefecer o jogo".

Equipa como queria nesta altura do campeonato? "Sim, está a caminhar para aquilo que é importante. Um dos itens que era preciso melhor era a agressividade, intensidade, o erro que tínhamos de provocar no adversário, estamos a fazê-lo e a melhorar. Com este arranque difícil, que ainda não acabou, é importante que a equipa dê boas repostas como deu hoje. Este ponto é dedicado aos adeptos".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.