Sebastián Coates apresentou o pedido de obtenção de nacionalidade portuguesa, avança a Rádio Renascença esta terça-feira.

No Sporting desde janeiro de 2016, o central uruguaio cumpre o principal requisito para obtenção da nacionalidade portuguesa, uma vez que reside em Portugal há, pelo menos, seis anos.

O pedido está neste momento em apreciação.

Obtendo a nacionalidade portuguesa, o experiente defesa pode tornar-se, assim, um jogador comunitário, estatuto que lhe abre as portas de várias ligas europeias que têm limite de inscrições relacionadas com jogadores extracomunitários.

Quarenta e quatro vezes internacional pelo Uruguai, a verdade é que Coates não pede nacionalidade para jogar por Portugal, indica a mesma fonte. O central terá a renovação com o Sporting até 2025 encaminhada, pelo que esta decisão tem uma forte componente pessoal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.