Depois da derrota por 2-1 diante do Sporting em Alvalade, naquela que foi a sua estreia oficial como treinador do Moreirense, adiada uma semana devido a uma infeção com COVID-19, César Peixoto afirmou-se orgulhoso dos seus jogadores.

"Foi fantástico, num jogo com um ‘grande’ e um grande jogo da minha equipa. Sabíamos que o Sporting está forte e confiante, no primeiro lugar. Vínhamos de uma série de adversidades, a equipa técnica, inclusive eu, esteve dez dias de fora (devido à Covid-19), há duas semanas a equipa esteve também praticamente toda de fora por dez dias. Na segunda parte caímos um pouco fisicamente, mas quero felicitar a equipa pela organização e caráter", frisou.

O técnico lamentou apenas que no segundo tempo a sua equipa não tenha conseguido causar mais problemas aos 'leões'. "Faltou na segunda parte ter um pouco mais de qualidade com bola para podermos puxar o Sporting mais para trás. Mas foi um trabalho fantástico. O Moreirense que eu quero foi o Moreirense dos primeiros 20 minutos. Não viemos para tentar defender o resultado, tivemos sempre capacidade de olhar mais à frente e tenho a certeza que, com naturalidade, o Moreirense vai fazer um excelente campeonato. Os jogadores estão de parabéns», disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.