Luis Díaz mostrou serviço com a camisola ‘azul-e-branca’ no último sábado, na eliminatória da Taça de Portugal frente ao Coimbrões, marcando dois dos cinco golos que deram a vitória aos ‘dragões’.

O colombiano tem sido observado atentamente pelo selecionador da Colômbia, Carlos Queiroz.

Em entrevista ao jornal ‘O Jogo’, publicada na edição desta terça-feira, o técnico português afirma aguardar por uma evolução rápida do jogador, que considera ter algo que “é uma vantagem para qualquer equipa”.

“Tenho muitas esperanças de que o Licha [nome pelo qual Queiroz trata Díaz] possa ter uma evolução cirúrgica e meteórica em termos de alta competição e alto rendimento. (…) Ele é um jogador que tem essa característica rara que é a fantasia, alem de ter movimentos de rutura e de desequilíbrios (…)”, realçou.

Queiroz deixa rasgados elogios ao colombiano, que considera ser “o sal da equipa”.

“Jogadores com o Licha dão brilho e luz às suas exibições. Diria que há o saber fazer e depois há como fazer e fazê-lo bem. Ele é o sal que dá sabor às decisões da equipa”, afirmou.

Sobre um rendimento com altos e baixos, o selecionador colombiano afirma que o jogador só precisa de tempo para atingir um nível superior.

“Só lhe falta tempo na maturação. (…). Há um tempo de maturação, de afirmação e isso só vem com o tempo (…)”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.