Esta quinta-feira, o jornal desportivo 'Record' escreve na sua edição impressa que o Benfica iria avançar com uma queixa-crime contra o diretor de comunicação do FC Porto, devido às declarações de Francisco J. Marques, que acusou os 'encarnados' de subornar adversários para que estes lesionassem os jogadores portistas.

O Benfica revelou há pouco um comunicado em que confirma essa mesma queixa. Os 'encarnados' vão avançar com processos contra Francisco J. Marques (diretor de comunicação dos 'dragões'), a SAD do FC Porto, o Porto Canal e Aníbal Pinto (comentador da CMTV).

Francisco J. Marques disse em declarações ao Porto Canal que o Benfica subornava jogadores de outras equipas para que estes lesionassem os jogadores do FC Porto.

"No lance do Danilo, o jogador não vai sequer à bola, quase que deixa transparecer que há intencionalidade em diminuir os nossos jogadores. O Danilo teve uma lesão grave na época passada e desde que voltou tem sofrido sucessivas entradas duras. Parece que há intencionalidade em ferir. E se há um clube que é capaz de violar o sistema informático de justiça, que é suspeito de prometer prémios para as equipas ganharem ou empatarem com os rivais, que é suspeita de pagar para vencer, eu também posso levantar suspeitas que podem estar a haver pagamentos para o que está a acontecer", acusou.

Já Aníbal Pinto, advogado e adepto do FC Porto, disse no programa de comentário "Pé em Riste" na CMTV que os jogadores do Benfica deveriam ser sujeitos a controlo antidoping.

"Eu tenho visto os jogadores a correr e espero que se façam os testes antidoping, que são normais e imperativos. Eu acho que da forma que o Benfica tem corrido não ficava nada mal fazer um teste antidoping. Quem não deve não teme. Qual é o critério do antidoping? Quando há uma equipa que está, aparentemente, com esta potência tudo recomenda que se faz testes antidoping", afirmou.

Leia o comunicado na íntegra:

"O Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa que, face à gravidade e leviandade de recentes afirmações no Porto Canal proferidas pelo diretor de Comunicação do Futebol Clube do Porto, Francisco J. Marques, levantando suspeitas totalmente falsas e absurdas de o Benfica estar por trás de uma suposta agressividade dos adversários do seu clube, decidiu avançar com os competentes processos cíveis e administrativos contra o Futebol Clube do Porto SAD, Porto Canal e o diretor atrás citado.

Apresentará também queixas contra a referida SAD e o diretor de Comunicação junto dos órgãos disciplinares da Federação Portuguesa de Futebol e da Liga Portugal e fará uma participação junto da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC).

Informamos também que o Sport Lisboa e Benfica, tendo tomado conhecimento das declarações proferidas pelo advogado Aníbal Pinto no programa 'Pé em Riste' exibido na noite da passada segunda-feira na CMTV, e atento à extrema gravidade de que se revestem, excedendo todos os limites, encarregou o seu departamento jurídico de instaurar os procedimentos que o caso justificar, no sentido de obter uma exemplar condenação do autor das mesmas e a indemnização correspondente à gravidade destas."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.