Bas Dost concedeu uma entrevista à Sporting TV, onde atribuiu a Jorge Jesus o mérito de ter assinado pelo clube 'leonino'.

"Jorge Jesus queria muito que eu viesse para o Sporting e fez tudo para o conseguir. Se ele não estivesse aqui, eu nunca teria jogado pelo Sporting. Ele foi muito importante para a minha carreira e fico feliz por ter coincidido com ele, teria perdido esta oportunidade sem ele", revela o avançado holandês.

Bas Dost recorda que "não fazia a mínima ideia" do que esperar em Portugal, mas que gostou do que viu "desde o primeiro momento".

"Jogava há quatro anos na Alemanha. Vim para Portugal e não fazia a mínima ideia do que podia esperar. Gostei das pessoas desde o primeiro momento. São muito educadas, gostam de conversar. São diferentes das pessoas na Alemanha e na Holanda. E o Sporting, claro, todos aqueles que trabalham no clube, sabem que é um grupo, é uma família, aconteça o que acontecer. É verdade que no passado aconteceram coisas más, mas temos de seguir em frente. O Sporting é um clube com pessoas que lhe são muito dedicadas. Quando cheguei, senti imediatamente que fazia parte dessa família. Estou feliz por esta oportunidade", refere.

Entre as conquistas ao serviço dos 'leões', Bas Dost destaca a vitória na edição passada da Taça da Liga. Mas aponta a voos mais altos.

"Naquele momento sentimos que podíamos ganhar tudo. Não aconteceu, mas nesse momento soube bem vencer a Taça com a equipa. Não foi o melhor momento no Sporting, porque na minha opinião, se jogas pelo Sporting queres sempre vencer coisas maiores. Vencer a Taça da Liga é bom, mas tenho expectativas maiores", disse.

Ultrapassadas as adversidades, o jogador holandês diz que "neste momento, é um prazer" jogar na equipa do Sporting: "Todos estão muito felizes."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.