Angel Gomes, jogador do Boavista, reconheceu em entrevista ao jornal 'The Independent' que não foi fácil deixar o United depois de ter jogado lá desde os 10 anos de idade.

O jogador que está emprestado pelo Lille confessou que o momento da partida foi carregado de emoção: "Foi muito emotivo, dizer adeus aos amigos que conhecia desde o início, aos funcionários, ao segurança. Gosto muito de todas aquelas pessoas, são as que conheço desde sempre, nunca conheci outras. Custou deixar tudo para trás", referiu.

Sobre a experiência no Boavista não olha para trás: "Falei com o treinador e gostei das ideias. Não o vi como um passo atrás, vi uma oportunidade de começar. (...) Queria jogar 90 minutos, ter um papel importante e mostrar o que posso fazer" referiu antes de abordar a ajuda preciosa de Bruno Fernandes com vista à sua adaptação no Bessa: "Arranjou-me apartamentos para visitar, tratou-me do carro, disse-me onde ir comer", atirou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.