A contratação por empréstimo de Jorge ao Mónaco nos último dias do mercado de transferências faz parte de um plano que a SAD do FC Porto para a lateral-esquerda.

Segundo o jornal 'O Jogo', o próximo objetivo da SAD dos campeões nacionais é renovar contrato com Alex Telles, jogador que tem muito mercado. O lateral brasileiro tem contrato até 2021, mas a saída do clube no final da época parece ser bastante provável.

A mesma fonte garante que a renovação de contrato de Telles incluirá não só um aumento salarial, mas também da cláusula de rescisão, atualmente cifrada em 40 milhões de euros, o que daria uma maior margem negocial na altura de uma eventual venda.

A intenção é manter Alex Telles o máximo possível. Nesse sentido, o objetivo é aumentar a cláusula de rescisão uma vez que os atuais 40 milhões de euros estão perfeitamente ao alcance dos tubarões europeus.

Ainda de acordo com o desportivo, o FC Porto está preparado para acionar a cláusula de opção de compra de Jorge ao Mónaco, assim que se confirmar a saída de Alex Telles. A compra do jogador brasileiro rondará os 10 milhões de euros, um valor que os portistas não terão problemas em pagar depois de confirmada a venda de Telles.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.