Já depois de o árbitro Manuel Mota ter apitado para o final do Farense-FC Porto, Pepe foi cumprimentar Mamadou Loum que o segurou pelos braços e disse-lhe algo que desagradou ao capitão do FC Porto.

Os dois trocaram empurrões e algumas palavras e o ambiente não 'aqueceu' ainda mais graças a intervenção do árbitro Manuel Mota e de outros jogadores do FC Porto, que foram logo separá-los.

No Twitter, Loum explicou o sucedido e pediu desculpa. "Gostaria de pedir desculpas a todos os fãs do FC Porto pelo infeliz incidente que ocorreu esta noite. Isto nunca deveria ter acontecido. Pepe é um irmão mais velho e eu aprendi muito com ele. Às vezes o desejo de ganhar um jogo faz com que algumas coisas lamentáveis aconteçam de um lado ou do outro. Eu sempre fui um modelo de disciplina e devoção no clube e pretendo mantê-lo assim", pode ler-se em dois tweets.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.