Afonso Taira, ex-jogador do Belenenses SAD, deixou uma mensagem aos seus antigos colegas, numa publicação nas redes sociais. O agora médio do Casa Pia mostrou-se indignado pela forma como os jogadores do Belenenses SAD foram tratados, ao serem obrigados a entrar em campo com apenas nove atletas e sem nenhum suplente frente ao Benfica.

Na longa publicação, Afonso Taira escreve que sofreu com os seus ex-companheiros durante os "45 minutos mais difíceis das suas vidas profissionais".

Fotos: As imagens de uma noite que envergonha o futebol português

Leia a publicação de Afonso Taira

"Nem quero imaginar a quantidade de informação, opinião, consequência e repercussão que este momento vai trazer ao futebol português. Esse não é o meu papel com este post. Nem tão pouco vou fazer um post a preto e branco, por uma razão muito simples:

Estes 9 jogadores que estiveram em campo não podem ser eclipsados de forma nenhuma. Foram, com toda a certeza, os 45 minutos mais difíceis das suas vidas profissionais, e de tudo lhes deve ter passado pela cabeça.

Vou agora falar diretamente para eles, afinal de contas partilhei balneário e 4 linhas com cada um.
Admiro-vos. A vossa compostura e valentia, vocês estiveram vulneráveis de uma forma sem precedentes. Eu quero que toda a gente saiba que estes 45 minutos são uma prova do vosso profissionalismo, que para mim e qualquer outra pessoa que ande no futebol merece créditos infinitos.

Também quero que saibam que sofri convosco. Acredito não ter sido o único, ainda assim, sofri.

Também quero que saibam que apesar do futebol ser importante ao ponto de seguir em frente após o dia de hoje, eu não me vou esquecer de vos ter visto a sacrificarem-se. Espero que quem vos viu hoje, também não se esqueça.

Não posso de forma nenhuma dizer que hoje fez de vocês melhores futebolistas, melhores profissionais ou melhores pessoas, mas posso sim dizer que merecem o respeito e o reconhecimento do valor da vossa presença em campo hoje por parte de todos os que vos rodeiam.

Hoje, foram dignos apesar de terem vivido uma situação indigna.

Amanhã é outro dia."

O encontro entre o Belenenses SAD e o Benfica terminou aos 48 minutos, por os 'azuis' terem ficado sem o número mínimo de futebolistas, depois de ter começado apenas com nove, devido a um surto de covid-19.

Depois de ter entrado com apenas nove jogadores para o início da partida da 12.ª jornada, os 'azuis' recomeçaram com apenas sete após o intervalo, com a lesão de um elemento a obrigar ao fim do encontro.

Aquando da final antecipado, o Benfica vencia por 7-0, com golos de Kau (01 minuto), na própria baliza, Seferovic (14 e 39, de grande penalidade), Weigl (27), Darwin (32, 34 e 45), naquele que foi o jogo 600 de Jorge Jesus na I Liga.

Vídeo: O resumo do que se passou no Belenenses SAD-Benfica

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.