O internacional brasileiro, que acaba de fazer 32 anos e termina o contrato com o clube de Stamford Bridge no final da temporada, prolongada devido à pandemia de covid-19, escreveu “chegou o momento de ir embora".

"Tenho certeza de que vou sentir muita falta dos meus companheiros, dos adeptos e de todos os funcionários do clube, que sempre me trataram como um filho. Mas saio com a cabeça erguida, pois sei que venci aqui e dei o meu melhor vestindo essa camisola em todos os momentos", acrescenta o avançado, na sua carta de despedida, após sete anos com o Chelsea.

Pelo Chelsea, Willian foi duas vezes campeão de Inglaterra, ganhou uma Taça de Inglaterra, uma Taça da Liga e conquistou a Liga Europa por uma vez.

Quanto a Pedro, de 33 anos, recordou os "cinco magníficos anos" passados em Stamford Bridge, e também fez questão de agradecer a adeptos, companheiros de equipa e treinadores.

Tal como Willian, também ele ganhou campeonato, taças nacionais e Liga Europa, sendo agora apontado como provável reforço da Roma, do campeonato italiano, treinada pelo português Paulo Fonseca.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.