O Wolverhampton, treinado pelo português Nuno Espírito Santo, venceu hoje por 3-2 o Tottenham, de José Mourinho, enquanto Bruno Fernandes marcou no empate 1-1 do Manchester United com o Everton, na 28.ª jornada da Liga inglesa de futebol.

Em Londres, o holandês Steven Bergwijn colocou o Tottenham na frente do marcador, aos 13 minutos, mas Matt Doherty empatou para o Wolverhampton, aos 27, antes de Serge Aurier devolver a vantagem à formação comandada por José Mourinho, em cima do intervalo, aos 45.

A reviravolta da equipa de Nuno Espírito Santo na etapa complementar foi ‘desenhada’ pelo internacional português Diogo Jota, que igualou a partida, aos 57 minutos, e assistiu o mexicano Raúl Jiménez para o tento do triunfo dos ‘wolves’, aos 73.

Além de Diogo Jota, também os compatriotas Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves e João Moutinho foram titulares no Wolverhampton, enquanto Pedro Neto e Daniel Podence foram lançados no segundo tempo. Do lado do Tottenham, o médio luso Gedson Fernandes atuou nos últimos 10 minutos.

Com este triunfo, o segundo consecutivo na ‘Premier League’, o Wolverhampton ultrapassou o Tottenham na classificação e subiu ao sexto lugar, com 42 pontos, em igualdade com o Manchester United, que é quinto.

Os ‘red devils’ deslocaram-se ao terreno do Everton, 11.º colocado, e empataram 1-1, num encontro no qual o internacional português Bruno Fernandes voltou a estar em evidência pelo United e André Gomes foi titular nos ‘toffees’ pela primeira vez desde a grave lesão contraída em novembro do ano passado.

Dominic Calvert-Lewin colocou o Everton em vantagem, logo aos três minutos, tirando partido de uma ‘oferta’ do guarda-redes David de Gea, mas Bruno Fernandes somou o terceiro jogo seguido a marcar pelo United e repôs o empate, aos 31, também aproveitando algumas facilidades concedidas por Jordan Pickford.

A ‘Premier League’ é liderada pelo Liverpool, que no sábado perdeu a invencibilidade na prova, ao perder no reduto do Watford, por 3-0.

Dos cinco primeiros colocados, quatro não venceram os respetivos encontros desta ronda (Liverpool, Leicester, Chelsea e Manchester United), sendo que o Manchester City, segundo classificado, viu o encontro com o Arsenal ser adiado, uma vez que hoje vai disputar a final da Taça da Liga inglesa, com o Aston Villa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.