O Tottenham confirmou, este sábado, o regresso de Gareh Bale ao clube, por empréstimo, depois do extremo se ter transferido para o clube em 2013. Dias depois, Mourinho admitiu que acredita que o treinador do Real Madrid esteja satisfeito com a saída do avançado galês.

"Não falei com o Zidane, mas acho que ele está feliz por Bale ter saído e eu estou feliz por ele estar aqui. Ele também está feliz por cá estar. Esperemos que no final da temporada todos estejamos felizes e que ele possa continuar connosco. Ele está muito feliz e isso é muito importante na vida e no futebol. Ainda assim, não vai ser já opção [frente ao Shkendija na quinta-feira], vamos esperar mais um pouco. Mas da maneira como está a trabalhar, penso que quando estiver pronto vai mostrar todo o potencial que tem", referiu o treinador português, em conferência de imprensa.

O internacional galês, que chegou na semana passada ao Tottenham, proveniente do Real Madrid, onde não jogava e era conhecido o seu relacionamento difícil com o treinador dos ‘merengues', o francês Zinedine Zidane, tem um contrato válido até ao próximo Verão, mas Mourinho confia que continuará no clube além desse prazo.

"Ele sabe que é um jogador de que eu gosto, mas também sabe que o melhor para ele é jogar. Não jogará por ser o Gareth Bale, jogará porque irá demonstrar que o merece", acrescentou o técnico português.

Os rumores acerca da saída de Dele Alli do Tottenham têm-se multiplicado, sobretudo depois deste não ter feito parte das opções de Mourinho nos primeiros jogos da época, mas o técnico português não só expressou o desejo de que o jogador permaneça nos ‘spurs' como está convencido de que assim será.

Recorde-se que, antes de deixar o Real Madrid, Gareth esteve envolto em vários polémicas e somou momentos insólitos. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.