O líder Manchester City foi hoje surpreendido em casa pelo Tottenham (3-2), num encontro que teve um final frenético, com dois golos marcados nos descontos, na 26.ª jornada da liga inglesa de futebol.

A terceira derrota do Manchester City na atual edição da Premier League, a primeira desde outubro do ano passado, reabre a luta pelo título inglês, com o Liverpool, que hoje bateu o Norwich (3-1), a colocar-se no segundo posto a seis pontos dos ‘citizens’ e com menos um jogo disputado.

Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva estiveram a tempo inteiro no Manchester City, adversário do Sporting na Liga dos Campeões, num encontro em que a grande figura foi o avançado Harry Kane, que bisou e fez o golo do triunfo dos ‘spurs’ aos 90+5 minutos.

Instantes antes, aos 90+2 minutos, os campeões ingleses pensaram que iriam fugir à derrota, quando o argelino Mahrez, o único suplente utilizado por Guardiola nesta partida, converteu com sucesso uma grande penalidade, depois do árbitro ter recorrido ao VAR para a castigar uma mão na bola do argentino Romero.

Os 71% de posse de bola de nada valeram ao Manchester City, numa partida em que o Tottenham foi mortífero no contra-ataque, tática que logo aos quatro minutos deu frutos, com o sueco Kulusevski, reforço de inverno, a abrir contagem.

Ainda na primeira parte, aos 33 minutos, o alemão Gundogan refez a igualdade, mas na segunda metade, aos 59, Kane deu nova vantagem aos londrinos, num lance com assistência do sul-coreano Son, que já tinha sido determinante no primeiro golo.

Já depois de Kane ter um golo anulado pelo VAR, por fora de jogo, Mahrez parecia ter salvo o City da derrota, mas o avançado inglês acabaria mesmo por bisar.

Com este triunfo, o Tottenham saltou para o sétimo lugar, com 39 pontos, e está a quatro dos lugares de acesso à Liga dos Campeões da próxima temporada.

*Artigo atualizado às 20h08

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.