Gary Neville, antigo lateral direito do Manchester United, fez um balanço claramente negativo das contratações feitas pelos 'red devils' desde 2013. De acordo com a lenda do clube, apenas dois em 33 surtiram efeito.

"O Manchester United tornou-se num cemitério de jogadores. 75 por cento das transferências não funcionaram. Apenas quatro ou cinco são um total sucesso. É uma história de terror", afirmou o inglês à Sky Sports.

Nestes 33 jogadores o 'United' gastou 1.49 mil milhões de euros e, de acordo com Neville, apenas Zlatan Ibrahimovic e Bruno Fernandes resultaram na equipa de Manchester.

Em relação aos restantes, o ex-futebolista defende que sete não conseguiram impor todo o seu valor (Ronaldo, Fred, Matic, Maguire, Cavani, Herrera e Luke Shaw), isto apesar de não terem sido prejudiciais para a equipa.

O problema reside, segundo o antigo jogador do Manchester United, nos restantes 24 jogadores, nos quais o clube inglês gastou cerca de 979 milhões de euros.

Assim, jogadores como Paul Pogba, Alexis Sánchez, Lindelof, Fellaini, Mata, Bailly, Raphael Varane, Van de Beek, Alex Telles, Daniel James, Angel Di María, Jadon Sancho, Memphis Depay, Martial, Lukaku, Bissaka, Amad, Dalot, Marcos Rojo, Daley Blind, Mkhitaryan, Schneiderlin, Schweinsteiger e Darmian, não terão valido todo o dinheiro neles investido.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.