É uma das contratações do mercado de inverno, pelo simbolismo que representa. Christian Eriksen vai continuar a jogar futebol, após sofrer uma paragem cardíaca em campo no Euro2020, jogado em junho de 2021.

Eriksen, de 29 anos, sofreu uma paragem cardíaca no jogo entre Dinamarca e Finlândia (0-1), em 13 de junho do último ano, e não voltou a jogar desde então. O médio, que tem um desfibrilador no peito, acabou por rescindir contrato com os italianos de Inter Milão e estava sem clube.

O jogador dinamarquês assina pelos 'bees'  até junho de 2022, ficando a equipa londrina com opção de estender o contrato até junho de 2023.

A contratação foi efetuada após uma “completa avaliação médica do jogador”, refere o Brentford, explicando que o médio já foi vacinado contra a covid-19 e que viaja em breve para Inglaterra, sendo esperado nos treinos ainda esta semana.

“Aproveitámos uma oportunidade incrível para ter um jogador de classe mundial no Brentford. Está há sete meses sem treinar com uma equipa, mas tem trabalhado muito para voltar”, afirmou o treinador do Brentford, o também dinamarquês Thomas Frank.

É o regresso de Eriksen ao futebol inglês, ele que brilhou no Tottenham, antes de se mudar para Itália.

Após 23 jornadas, o Brentford ocupa o 14.º lugar da Premier League, com 23 pontos.

Mercado AO MINUTO: Acompanhe o fecho do mercado de inverno.

*Artigo atualizado

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.