Chegou ao fim a impressionante série de vitórias do Manchester City. A turma de Josep Guardiola viu-se, este domingo, derrotada em casa no dérbi com o rival Manchester United por 2-0, com os 'red devils' a encurtarem assim a distância entre as duas equipas no topo da tabela. Bruno Fernandes marcou, de pénalti, um dos golos.

O City entrou em campo com uns impressionantes 14 pontos de vantagem sobre o vizinho United, mas cedo se percebeu que o conjunto orientado por Ole Gunnar Solskjær vinha com ideias de travar a impressionante caminhada dos 'cityzens'. Logo aos dois minutos, Anthony Martial foi derrubado na grande área adversária e, como é hábito, Bruno Fernandes não perdoou na conversão do consequente castigo máximo.

Com João Cancelo e Rúben Dias no 'onze' e Bernardo Silva no Banco, o City tentou então reagir, mas foi o United que voltou a marcar, já na segunda parte. Marcus Rashford assistiu, e Luke Shaw marcou, fazendo o 2-0 final.

 

O resultado permite ao Manchester United retomar o segundo lugar (que tinha perdido momentaneamente para o Leicester) e reduzir para uns ainda consideráveis onze os pontos de desvantagem em relação ao City, que continua líder destacado da Premier League, a dez jornadas do fim. Ainda assim, a formação orientada por Josep Guardiola viu chegar ao fim a série de 21 vitórias consecutivas e 28 jogos sem perder no conjunto de todas as provas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.