Adrien Silva, jogador que está agora ao serviço do Mónaco por empréstimo do Leicester abordou a fase difícil quando esteve no emblema britânico e não podia jogar.

Recorde-se que o médio não foi inscrito por alguns segundos e ficou durante meses sem saber o que era a competição.

"Consegui restabelecer a minha confiança. Queria voltar a jogar com regularidade para regressar à seleção para o Euro 2020, que é o meu maior objetivo. Quanto mais jogar, mais possibilidades tenho de o conseguir", referiu em declarações à revista britânica 'Four Four Two'.

Sobre o período no Leicester: Enfrentei um dos maiores obstáculos da minha carreira. Lembro-me que foi tão difícil no início. Tentei apanhar um comboio que tinha partido há muito. Sentia sempre que tinha que recuperar tempo (...) Vivi coisas que nunca tinha vivido, coisas para as quais não estava preparado física e mentalmente. Tive de preparar-me sozinho, o meu irmão (preparador físico) ajudou-me e encontrei apoio psicológico junto dos meus amigos.

Sobre um eventual regresso ao Leicester, o ex-capitão do Sporting referiu que não está a pensar nisso.

"Ainda tenho mais um ano de contrato e eles têm a palavra final sobre o meu futuro. Neste momento não estou a pensar em regressar."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.