O internacional português Éder marcou esta quarta-feira o golo do Lokomotiv de Moscovo diante do Baltika (1-1), mas acabou por falhar uma das grandes penalidades que ditaram a eliminação dos moscovitas da Taça da Rússia de futebol.

Na visita a Kaliningrado, o detentor do troféu abriu o marcador aos 31 minutos, através do avançado luso, só que a formação que milita no segundo escalão chegaria ao empate no segundo tempo, por Yan Kazaev, aos 75.

A igualdade perdurou até final do tempo regulamentar e do prolongamento, o que obrigou ao desempate por grandes penalidades, sendo que o Baltika acabou por seguir para os oitavos de final, depois de vencer por 4-1.

O conjunto da casa não desperdiçou nenhum dos quatro pontapés de que dispôs, enquanto os moscovitas, que não contaram com o outro internacional luso, João Mário, falharam dois penáltis, o primeiro dos quais por Éder.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.