Fernando Santos só pode levar 22 jogadores (11 titulares e 11 para o banco de suplentes) para o decisivo encontro desta noite do play-off de apuramento para o Mundial 2022 com a Macedónia do Norte, pelo que da convocatória de 25 jogadores três nomes teriam de ficar de fora.

Esta manhã ficou a saber-se que os três jogadores que não estarão sequer no banco de suplentes serão três defesas: Gonçalo Inácio (que já tinha ficado na bancada no embate de quinta-feira com a Turquia), Tiago Djaló (que se juntou à convocatória para colmatar a ausência de Pepe, indisponível para esse embate com a Turquia devido a uma infeção com COVID-19) e Diogo Dalot (que até foi titular nessa partida).

A recuperação de Pepe e o regresso de João Cancelo (que cumpriu castigo ante a Turquia) ao lote de disponíveis terão ditado estas opções por parte do selecionador nacional, que terá assim 22 jogadores às suas ordens. A saber, os guarda-redes Rui Patrício, Diogo Costa e José Sá; os defesas João Cancelo, Cedric Soares, Nuno Mendes, Raphael Guerreiro, Pepe e José Fonte; os médios Danilo, Vitinha, William Carvalho, João Moutinho, Otávio, Matheus Nunes, Bruno Fernandes e Bernardo Silva e os avançados João Félix, Gonçalo Guedes, Cristiano Ronaldo, Rafael Leão, Diogo Jota e André Silva.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.